SEGREDOS MAÇÔNICOS


Ao contrário do que muitos acreditam, a maçonaria não é uma sociedade secreta. Ela não oculta sua existência, nem a de seus filiados. Não ocorrem tentativas de encobrir seus propósitos, finalidades e princípio. Mais de 30.000 livros já foram escritos a respeito da maçonaria, sendo certo que você pode encontrar alguns deles na Biblioteca Pública, ou à venda em livrarias, e ficará sabendo que se trata de uma organização que tem como principais ensinamentos o Amor Fraternal, a Solidariedade e a Busca da Verdade. Por sua vez, os regulamentos da Maçonaria são publicados para conhecimento de qualquer um e seus documentos constitutivos são registrados em cartório e, portanto, públicos.

MAÇONARIA E RELIGIÃO

A Maçonaria não é uma religião, conquanto tenha caráter religioso. Não pretende tomar o lugar da religião de ninguém, tampouco substituir as crenças religiosas de seus membros.

Através, de toda a história da Maçonaria, protestantes, judeus, católicos, maometanos, hindús, budistas e outros nada encontraram na Maçonaria que fosse incompatível com suas convicções religiosa. Um requisito essencial do candidato à Maçonaria é o de que acredite em um Ser Supremo.

FILIAÇÃO

A filiação é permitida a homens adultos, sem preconceito de raça, cor ou credo, mas se exige que o candidato goze de boa reputação, seja de bom caráter e que acredite na existência de um Ser Supremo. Um homem deve tornar-se maçom por seu livre arbítrio. A ninguém será pedido que se filie. Que cada um faça sua escolha!

Uma das antigas regras da Maçonaria é que Maçons não devem arregimentar novos membros. Alguém que deseje ser admitido deve pedir informações a alguma pessoa que julgue ser maçom ou diretamente a uma Organização Maçônica.

O Candidato deve ter mais de 21 anos, aptidão mental e física, além de boa formação moral. Após pedir ingresso será procedido um processo de investigação sobre sua vida, que resultará na recomendação para que seja aprovada ou rejeitada sua admissão.


CONTINUANDO A CONVERSA.

VOLTA À PÁGINA PRINCIPAL.